HOME QUEM SOMOS COLUNISTAS ESPECIALIZADOS PROPOSTA EDITORIAL TUTORIAL FALE CONOSCO
   
ASSUNTOS
  CRISTAIS  
  ASTROLOGIA
  ESOTERISMO
  MAÇONARIA
  MAGIA
  MITOLOGIA
  RELIGIÕES
  ROSACRUZ
  SOCIEDADES SECRETAS
  TEOSÓFICA
  ARTES CÊNICAS
  ARTES PLÁSTICAS
  ARQUEOLOGIA
  AUTOMOBILISMO
  AVIAÇÃO
  BIODIVERSIDADE
  CIÊNCIAS
  CULINÁRIA
  DIREITO
  ESPAÇOS CULTURAIS
  ESPETÁCULOS
  ESPORTES
  ESPORTES AÉREOS
  ESTÉTICA E BELEZA
  HISTÓRIA
  INFORMÁTICA
  LITERATURA
  MEDICINA E SAÚDE
  MODA
  MONARQUIA
  MUSEUS
  NOTÍCIAS
  OVNIS
  POLÍTICA E ECONOMIA
  PSICOLOGIA
  TURISMO
  UTILIDADE PÚBLICA
 
 
ANGELOLOGIA | CRISTAIS | CRISTALOTERAPIA | CROMOTERAPIA | FENG SHUI | I CHING | INCENSOS | IRIDOLOGIA
MISTÉRIOS | NUMEROLOGIA | ORÁCULOS | PERFUMES | RADIESTESIA | TARÔ | VELAS
 
 
   

CRISTAIS

Cristal, do latim crystallu, do grego krýstallos. Substância sólida cujas partículas constitutivas (átomos, íons ou moléculas) estão arrumadas regularmente no espaço.

Na criação do mundo, o Senhor estabeleceu três reinos, o animal o vegetal e o mineral e deu ao homem poder de dominá-los. O ser humano, abusando de seu arbítrio relativo, vem fazendo mal-uso desse poder, causando danos à biodiversidade na exploração desordenada e egoísta dessas dádivas que seriam para o benefício dessa mesma raça que destrói.

O uso indiscriminado do mercúrio (hidrargirum) no refino dos minerais auríferos, a escavação de imensas crateras a céu aberto e minas subterrâneas na obtenção de pedras preciosas. E, em todas as etapas dessas devastações, o roubo o furto, a trapaça e até a morte.


Onde está o ouro de Serra Pelada que daria para pagar a dívida externa do Brasil, tirando-nos dessa situação de servidão consentida aos mais fortes e militarmente mais operacionais?

Nosso país foi, sem dúvida alguma, aquinhoado com as bênçãos do “Santo Bendito seja o seu nome” que nos deu vastíssima quantidade e variedade de metais e pedras preciosas, além de uma riqueza óbvia, mas que não percebemos e igualmente destruímos, a água.

Do lado comercial, a tecnologia moderna, ao lado da artesanal, vem colocando o Brasil em primeiro lugar entre os mais avançados centros de lapidação de gemas do mundo.

Cito aqui, por dever de ofício e conhecimento próprio, a mais significativa empresa brasileira na lapidação de pedras preciosas H.STERN JOALHEIROS sinônimo de honestidade e conhecimento referência mundial no ramo.

Mago Selaht
gemólogo amador

 

O estudo dos cristais pode, a grosso modo, ser dividido em dois caminhos: o da gemologia, que é o estudo dos cristais com vistas à sua utilização em jóias e o da gemoterapia ou cristaloterapia, emprego terapêutico, das gemas.
Já houve uma época que se perde no tempo, que ambas se confundiam. E eram confundidas ainda mais, porque se misturavam ao misticismo.

Pentáculos e Amuletos

Pentáculos: são figuras geométricas símbolos de espíritos ou seres invisíveis de toda a natureza ou doutrina. Exemplo: cruz-estrela de David.

Amuletos
: do latim Amuletu, ou talismã. Objetos de proteção que têm o poder de evitar ou bloquear malefícios, desgraças, feitiços.

A montagem de Pentáculos e Amuletos e suas pedras preciosas eram muito comuns e seu uso difundido desde a plebe até os palácios reais, passando por todas as castas.

Na antiguidade, a.C.

Na terra dos Faraós, Mizraim, acreditavam que as Ametistas protegiam da embriaguês e traziam tranqüilidade. Na moderna gemoterapia, é usada como calmante para readquirir o equilíbrio psíquico e físico.

As Esmeraldas eram as prediletas de Cleópatra, rainha do Egito, da dinastia Ptolomaica. A esmeralda era usada como ornamento, antídoto e amuleto para ajudá-la em suas conquistas políticas e amorosas. Significam coragem e vitória para os espiritualistas, fé e esperança.

Os Topázios imperiais representavam o calor de . Eram usados em amuletos, para fortificar o intelecto, aumentar a coragem e abrir os caminhos, afastando os obstáculos.

As Turmalinas verdes significam vida e natureza e trazem prosperidade o entusiasmo e felicidade aos seus usuários.

As Turmalinas negras protegem contra o vampirismo de pessoas vivas e desencarnadas e formas de pensamentos negativos.

As Águas Marinhas em seu azul profundo levam à tranqüilidade.

A profissão de lapidador era muito valorizada e esses artífices freqüentavam palácios e obtinham junto com os joalheiros, lugares de destaque e honrarias.

O sacerdote Melquisedec, Rei de Salém, cidade que mais tarde foi chamada Jerusalém, portaria um peitoral de cristais, símbolo de seu status de sacerdote de Deus Altíssimo. Essa suposição não consta da Torah.

Os Sumo Sacerdotes Hebreus usavam um peitoral com cristais cada um deles representando uma das 12 tribos chefiadas pelos 12 filhos de Israel (nome que Jacó recebeu do Anjo de Deus após combater como o Anjo no deserto, quando sua fé foi testada. Gen. 32:28.

No peitoral do Sumo Sacerdote, engastadas em ouro, as 12 pedras em quatro seqüências.
Ex. 28, 17-20. Sardônio, Topázio, Esmeralda. Carbúnculo, Safira, Jaspe. Ligúrio, Ágata, Ametista, Crisólita, Cornalina, Berilo.

Como a confecção do peitoral foi determinada por Deus, é possível que as cores representassem não somente as 12 tribos, mas também atraíssem vibrações específicas e benéficas para a harmonia entre as tribos, que as receberiam por ressonância. (nosso grifo).

Na construção do templo de Salomão e na Jerusalém celeste:

Pedras preciosas foram usadas na decoração do Sagrado Templo construído por Salomão e usadas nos baldaquinos reais.
Urim e Tumim. Eram duas pedras cornalinas (ágatas), uma branca e outra negra, usadas no questionamento entre o Sumo Sacerdote e Deus.

Esferas negras e brancas são até hoje usadas em sociedades iniciáticas no escrutínio secreto de candidatos; é a tradição que remonta aos nossos dias.

Reis e rainhas usavam coroas em suas cabeças e cetros em suas mãos como símbolo de seu poder e mandavam montar novas pedras preciosas quando conquistavam e subjugavam povos. Era o poder incorporado pela impregnação da nova jóia com o cristal precioso que fora acrescentado. (Radiestesia)

Na Idade Média

As confrarias de profissionais inventadas pelos Maçons, que deram origem às Lojas da Maçonaria Operativa e aos sobrenomes como João Ferreira, (João, o ferreiro, da família que trabalhava o ferro) a profissão ia de pai para filho e os aprendizes habitavam com as famílias de seus Mestres) passaram a cunhar, anéis, medalhões com os símbolos das confrarias esculpidos em pedras e ornados de gemas preciosas.

Até hoje, essas confrarias existem principalmente na Europa as mais conhecidas são as dos porteiros de hotel, cujo símbolo é duas chaves de ouro cruzadas e a dos cozinheiros Cordon Bleau.
Essa é a origem dos brasões de família. Origens das jóias que simbolizavam cargos, Ministro, Chanceler, Camareiro Real.

Origem moderna das jóias (as antigas, em metais preciosos) que simbolizam os cargos exercidos nas oficinas maçônicas.
(nosso Grifo)

Na nobreza

Também os nobres as usavam em seus brasões bordados ricamente em seus mantos, como a flor de Lis dos reis de França.

Gemas preciosas são também distintivos
de Bispos, Cardeais e Papas e das profissões liberais. As atividades de nível superior usam até hoje anéis com pedras preciosas, cujas cores representam as profissões de seus usuários. São símbolos de honra.

Nas Profissões Liberais

Nas profissões de nível superior, os cristais preciosos (gemas) simbolizam o rito de passagem para uma elite de elevado saber. Famílias humildes, não raro, se cotizam na compra do anel de grau.

Como remédios

Na medicina tradicional chinesa, pós de pedras preciosas e pérolas eram também usados como remédios.

O Artesanato Religioso

Os povos do crescente fértil eram hábeis artesãos e os cristais eram apreciados em todas as suas finalidades.

Moisés e Arão usaram o peitoral dos sumo sacerdotes como descrito em Ex, 28,17,20-39.10-17 –Ex 28, 13.
Usadas no Egito como adorno e proteção, aparecem nas jóias, amuletos e máscaras mortuárias.

O pressuposto astrológico da influência dos planetas na vida terrestre preconizado pela Astrologia, (hoje comprovadamente uma ciência, a partir de teses acadêmicas), fato ainda não aceito pela comunidade científica, trata da influência dos minerais dos planetas nas pessoas animais e plantas.

O espectro luminoso certamente influencia, é só verificarmos os raios ultra-violetas dos tipos A e B e os infra-vermelhos e o magnetismo e seus efeitos no homem, animais e plantas (Davis e Rawls ), in Energias Sutis, de John Davidson. Ed. Pensamento, 1997.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A relação dos cristais com o ser humano e os animais vem sendo estudada desde tempos perdidos. Sabe-se que os grandes sábios egípcios
usavam fartamente os poderes dos cristais e outros minierais
que seriam herança dos atlantis.

Essa relação está ligada à energia da cor e aos minerais neles contidos. Através do espectro luminoso, é possível determinar daqui do planeta Terra a composição química de outros corpos celestes. Isto é um fato.

Embora sem comprovação laboratorial, a comparação prática é evidente. O uso dos cristais favoreceu várias ciências arcanas, como a Cristaloterapia e a Cromoterapia, amplamente utilizadas nos dias de hoje. Os druidas e os sacerdotes celtas usavam as pedras além das plantas e todos os elementos da natureza, embora os céticos simplesmente neguem a Tradição, ela não ocorre por acaso e a prática do uso dos cristais vem sendo discretamente usada em todas as religiões modernas.

Atendendo a pedido de uma leitora do site, aí vai um estudo ainda simplista das propriedades dos cristais.

Obsidiana-Floco-de-neve:
Pera de luz, protege contra magia negra, afasta o perigo. Libertação de bloqueios, capacidade de adaptação, consciência da realidade.

Olho-de-tigre:
Favorece o senso de equilíbrio, capacidade de iniciativa e raciocínio. Boa para os exames relaxamento e harmonia, melhora a capacidade para assumir compromissos.

Ônix:
Protege contra magia negra, harmoniza momentos difíceis e aumenta concentração mental. Capacidade de definição de limites, auto- respeito e auto-controle. Disciplina. Combate a depressão.

Pedra-da-Lua: Moon stone
Pedra da Mulher, fertilidade e feminilidade desejável. Alegria de viver, medos, relação com a família, aparência juvenil, distúrbios psíquicos.

Pirite:
Reduz a ansiedade, realização de sonhos, atrai riquezas. Depressões, frustrações, moléstias psicossomáticas.

Quartzo-Rosa:
Incentiva o amor, regula energias emocionais, tem função calmante. Amor, amizade, acompanhamento do parto, sentimento de felicidade, amor ao próximo. Acalma os desejos sexuais.

Sodalita:
Ativa o pensamento lógico, inspiração artística, equilíbrio emocional. Inspiração co preensão, desempenho na escola, estabilidade, melhora os objetivos de vida.

Turmalina-Negra:
Ajuda na auto-confiança, perseverança e resistência. Pára-raios contra energias negativas.

Turquesa:
Protege contra maus espíritos, sucesso comercial, proporciona beleza e força. Protege contra acidentes e melancolia, atrai amigos, amor e dinheiro. Felicidade.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Portal Mensageiro - O Portal da Sabedoria